Início Notícias EMS participa mais uma vez do Novembro Azul, campanha dedicada à conscientização...

EMS participa mais uma vez do Novembro Azul, campanha dedicada à conscientização da saúde masculina

O foco das ações da farmacêutica serão as mensagens que orientam os homens a adotarem uma atitude preventiva e buscarem mais informações sobre doenças como o câncer de próstata

São Paulo, 30 de outubro 2020 – Conhecido como Novembro Azul, este é o mês dedicado às ações que reforçam os alertas e os cuidados relacionados à saúde do homem. Sabendo da importância da conscientização referente às doenças masculinas, a EMS, maior laboratório farmacêutico no Brasil, participa mais uma vez da campanha, que ocorre todo ano em diversos países.

Uma das ativações da empresa será em um dos cartões-postais da cidade de Campinas, no interior de São Paulo. A Caravela Anunciação, que é uma réplica da nau que trouxe Pedro Álvares Cabral e sua comitiva ao Brasil, será iluminada de azul. A mesma iluminação azul será feita na fachada de 4 mil m2 da EMS, na cidade vizinha de Hortolândia, onde está a sede da companhia.
Em suas redes sociais, a farmacêutica vai chamar a atenção para a prevenção do câncer de próstata. Médicos que atuam na empresa produzirão vídeos para falar sobre o assunto de uma maneira clara e didática. Todas as plataformas digitais da EMS estarão voltadas para o tema durante o mês de novembro. Nas instalações físicas da empresa, os colaboradores, que contarão com assinatura de e-mail da campanha, terão acesso a um flyer informativo e também serão impactados por mensagens em banners instalados em pontos estratégicos e em murais.

“Como na campanha Outubro Rosa, a EMS entra em cena também no Novembro Azul para levar às pessoas informação sobre prevenção. Estamos chamando, neste mês, a atenção dos homens para o fato de que cuidar de si para ter mais saúde é a chave para seguir curtindo cada bom momento da vida”, diz Josemara Tsuruoka, gerente de Marketing Institucional da EMS.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma, e sua ocorrência é maior em países desenvolvidos. O Instituto aponta que um em cada seis homens brasileiros terão câncer de próstata na vida.

O crescimento das taxas de incidência é um reflexo do aumento da expectativa de vida, uma vez que 75% dos casos ocorrem a partir dos 65 anos, sendo considerado, assim, um câncer da terceira idade. Para 2020, a incidência estimada do Inca é de 65.840 novos casos de câncer de próstata.

No entanto, outros tipos de câncer também devem estar no radar da população masculina. A estimativa do Instituto para 2020 é que 20.540 casos de câncer de cólon e reto sejam diagnosticados, 17.760 de câncer de pulmão, traqueia e brônquio, e 13.360 de câncer de estômago.

Assessoria de Imprensa